Buscar

Qualidade no fornecimento de energia em 2020 alcança melhor resultado

A qualidade dos serviços de distribuição de energia elétrica alcançou em 2020 o melhor resultado dos últimos anos. A informação foi dada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) com base nos indicadores que avaliam a frequência das interrupções entre as distribuidoras, concessionárias e permissionárias.

Segundo o levantamento, ao longo do ano passado, o serviço de fornecimento de eletricidade permaneceu disponível 99,86% do tempo, na média do Brasil. Isso significa que os consumidores brasileiros ficaram 11 horas e 50 minutos em média sem energia no ano passado, o que representa redução de 10,51% em relação a 2019, quando registrou-se 12,85 horas em média.

A frequência das interrupções se manteve em trajetória decrescente, reduzindo de 6,69 interrupções em 2018 para 6,03 interrupções em média por consumidor em 2020, o que significa melhora de 9,87% no período,

O avanço é resultado de diversas ações da ANEEL, tais como as novas regras de qualidade do fornecimento dos contratos de concessão das distribuidoras, a adoção de planos de resultados para as distribuidoras que apresentavam mau desempenho, as compensações financeiras aos consumidores, as fiscalizações da Agência e a definição de limites de interrupção decrescentes para as concessionárias.

Em 2015 a CERRP (Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de São José do Rio Preto) ganhou o Prêmio IASC (Índice ANEEL de Satisfação do Consumidor), na categoria maior crescimento das permissionárias. Em 2019, novamente, a CERRP recebeu o Prêmio ANEEL de Qualidade. Isso demonstra o grau de satisfação do consumidor em relação à qualidade dos serviços prestados e estimula a busca pela melhoria continua.