Buscar

CERRP presta homenagem aos eletricistas

Atualizado: Out 25


Presidente da CERRP, Odair Milhosi comparece na homenagem e cumprimenta os eletricistas

O Dia do Eletricista foi comemorado na CERRP (Cooperativa de Eletrificação e Desenvolvimento da Região de São José do Rio Preto) com palestra motivacional e um café da manhã com a presença do presidente da empresa, Odair Milhossi. O motivo para que 17 de outubro seja conhecido como o Dia do eletricista é incerto.


Não há relatos ou alguma lei que oficialize a data, mas ela é comemorada por todos os profissionais do país. A data homenageia o profissional e responsável na manutenção e instalação da rede elétrica em residências, empresas e iluminação pública.


O eletricista é o especialista em instalações elétricas. Na CERRP eles atuam em instalações e reformas das redes de distribuição, fazem vistorias, ligações nova, reparo em iluminação pública, corte, atendimento 24 horas por dia.


O presidente da CERRP, Odair Milhossi, fez uma breve saudação aos eletricistas afirmando que o trabalho deles nos fazem, literalmente, viver com energia. “Não dá para imaginar o mundo hoje sem energia”, destacou.


São muitos os profissionais na CERRP que se dedicam a essa atividade. Entre os mais antigos e ainda no exercício das atividades estão Osmar Alves da Silva, de 52 anos e 25 anos de empresa completados no último dia 1º de agosto. Um dia depois, em 2 de agosto de 1996, entrava na empresa Devair Cardoso, 46 anos. No dia 2 de dezembro Jorge Luciano de Souza comemorará 25 anos de serviços prestados na CERRP, assim como Élio Carneiro da Silva, 60 anos, festeja 23 anos. O eletricista com mais anos de serviço na CERRP é Gleidson Ponce dos Santos, que possui 33 anos de serviços prestados à cooperativa.


Tentativa para oficializar a data


A primeira tentativa para oficialização da data em homenagem aos eletricistas ocorreu em 1968. O então deputado Francisco Amaral, que depois foi eleito prefeito de Campinas, chegou a apresentar projeto de lei para comemorar a data em 19 de maio em referência a fundação do sindicato da categoria. Porém com o fechamento do Congresso Nacional a proposta foi arquivada e esquecida. Nunca mais nenhum projeto voltou a ser apresentado para celebrar oficialmente o Dia do Eletricista.


Na justificativa de seu projeto, Amaral destacava que a classe dos eletricistas é digna dessa homenagem. “Todos conhecem a dedicação dos homens que exercem tal atividade, uma das mais penosas, cuja prestação de serviços deve ser contínua para garantir o funcionamento do sistema elétrico”, afirmou, destacando que os eletricistas são “heróis anônimos do desenvolvimento”.


Engenheiro elétrico


O Dia do Engenheiro Elétrico é comemorado em todo o Brasil, no dia 23 de novembro, graças à lei de iniciativa do então deputado federal José Roberto Arruda. Ele é formado na área pela Universidade Federal de Itajubá (MG), a primeira a ter o curso de Engenharia Elétrica e considerada como uma das dez melhores universidades brasileiras. O dia 23 de novembro foi escolhido porque foi a data de fundação da Universidade de Itajubá.


Arruda era servidor de carreira até se tornar presidente da CEB (Companhia Energética de Brasília) e se enveredar pela política. Arruda foi preso quando governava o Distrito Federal, tornando-se o primeiro governador do Brasil a ser encarcerado durante o mandato.



Eletricistas da CERRP participam de treinamento